Escola de Palo Alto

A Escola de Palo Alto, fundada nos EUA em 1942, teve como precursor Gregory Bateson. Os investigadores de Palo Alto eram provenientes de diferentes áreas do saber: antropologia, linguística, matemática, sociologia, psiquiatria, entre outros. A Gregory Bateson, associaram-se Birdwhistell, Goffman, Hall, Jackson, Scheflen, Sigman, Watzlawic. A história desse grupo, identificado como “Colégio Invisível”, surge com o objectivo de “reflectir sobre a comunicação numa lógica interpessoal”1.

A Escola de Palo Alto apresenta cinco axiomas:1

a) Não se pode não comunicar;

b) Toda a comunicação tem um aspecto que é de conteúdo e um aspecto de relação, tais que o segundo classifica primeiro e é portanto uma metacomunicação;

c) A natureza de uma relação está na contingência da pontuação das sequências comunicacionais entre comunicantes;

d) Os seres humanos comunicam digital e analogicamente;

e) As permutas comunicacionais são simétricas ou complementares, segundo se baseiam na igualdade ou na diferença.

A comunicação é vista como sendo principalmente relacional, não sendo considerada apenas como um acto cognitivo.

Ao longo da história do Homem, as interacções ocorriam sobretudo face a face mas, com o avanço das tecnologias, é agora possível comunicar sem partilhar o mesmo espaço físico. “Thompson (1998) propõe três tipos de interação – enfoque tríplice – criadas pelos meios de comunicação, interação face a face, interação mediada e quase-interação mediada, mas em caráter híbrido – ele diz que muitas interações podem envolver uma mistura de diferentes formas de interação.”2

A comunicação em diferente espaço físico é um dos grandes desafios que se coloca à escola. Todos os elementos da comunidade educativa comunicam de modo presencial, sendo que, no entanto, as comunicações através das TIC se tornaram um fenómeno com grande adesão. Se as mesmas trazem muitos benefícios, é verdade que também colocam obstáculos à interacção presencial, diminuindo as situações de convívio entre as pessoas. Veja-se o que acontece com os jovens de hoje: a comunicação com amigos e familiares acontece mais frequentemente (e até intensamente) através das redes sociais e do correio electrónico, do que de qualquer outro modo. A distância deixa de ser um obstáculo à comunicação e a interacção reveste novas formas.

______________________________________________________________________________________________________________

1 Documento disponível em http://www.slideshare.net/mscabral/interaccionismo-simblico-e-escola-de-palo-alto [consulta em 5.04.2011]

2 Daltoé, A. (s/d) Promessas, desafios e ameaças das tecnologias digitais. Documento disponível em http://bocc.ubi.pt/pag/daltoe-andrelise-promessas-desafios-tecnologias-digitais.html#SECTION00030000000000000000 [consulta em 5.04.2011]

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s